Exames Laboratoriais

Hematologia

Parasitologia

Citologia

Exame básico da rotina clínica que oferece uma visão geral do estado do paciente. Este exame é recomendado para qualquer animal que esteja doente ou mesmo como parte do check up de animais geriátricos e pré-cirúrgicos. 

Os parasitos são frequentes na clínica veterinária e para cada tipo existe uma técnica de exame específico. Eles podem ser encontrados nas mais diversas amostras biológicas: fezes, urina, sangue ou raspado de pele. 

A avaliação citológica permite investigar disturbios neoplásicos, parasitários e processos inflamatórios. As amostras podem ser coletadas por swabs, raspados e aspiração da lesão. 

Bioquímica

Imunologia

Histopatologia

A enzimologia é muito utilizada na medicina veterinária com intuito de diagnosticar, monitorar e oferecer prognóstico de diversas enfermidades.O estudo das alterações das enzimas séricas pode nos fornecer informações relevantes sobre lesões hepáticas, renais, pancreáticas dentre outros orgãos.

O imunodiagnóstico é uma ferramenta utilizada para as mais diversas enfermidades, sejam elas virais, bacterianas ou causadas por protozoários, que afligem os animais permitindo o diagnóstico preciso e possibilitanto o seu tratatamento adequado.

A biópsia tecidual constitui a amostragem de um fragmento de tecido para o exame histológico. Podem ser utilizados para o estudo diversos tecido acondicionados em formalina 10 % que garante a preservação adequada da amostra que será avaliada.

Urinálise

Microbiologia

Biologia Molecular

A urinálise é primordial em qualquer exame de rotina pois além de nos fornecer diagnóstico de doenças do trato urinário também é capaz de gerar informações importantes sobre doenças que afetam outros órgãos e sistemas orgânicos.

A importânica da utilização de técnicas laboratoriais de cultivo está na possibilidade de permitir ao clínico diagnósticar e tratar corretamente as doenças  microbianas. Mais comumente utilizado para cultivo bacteriano e testes de suscetibilidade a antibióticos.

Hemostasia

Efusões 

As técnicas sorológicas e as técnicas de biologia molecular como o PCR são ferramentas que têm demonstrado uma melhor eficiência no diagnóstico das hemoparasitoses, uma vez que a pesquisa de hemoparasitas no esfregaço sanguíneo é um método subjetivo e de baixa sensibilidade, permitindo um tratamento precoce e o diagnóstico mais preciso da doença.

Endocrinologia 

No processo de  hemostasia temos que lembra que existem três componentes responsáveis para que sua atuação seja bem sucedida: a integridade vascular, as plaquetas e os fatores de coagulação. No laboratório clínico veterinário é capaz de diagnosticar disturbios de função e diminuição da produção plaquetária assim como dos fatores de coagulação.

A avaliação dos derrames cavitários tem na maioria dos casos um grande valor diagnóstico pela capacidade de fornecer informações etiológicas e com a classificação  pode-se compreender o mecanismo básico da sua formação. De modo geral são ocasionados por diminuição da pressão oncótica, aumento da pressão ou da permeabilidade vascular, diminuição da reabsorção linfática e retenção de sódio.

A endocrinologia é o ramo da ciência biológica que estuda a ação dos hormônios.Muitas enfermidades do sistema endócrino são caracterizadas por alterações funcionais e clínico-patológicas características, afetando um ou vários sistemas corporais. Os distúrbios mais freqüentes entre os animais domésticos são aqueles envolvendo as glândulas tireóides e adrenais, ocasionados normalmente pela diminição ou aumento da função dessas  glândulas.